Thoughts



Tenho uma saudade infinita dos dias em que escrevia.
De escrever todos os dias e de sentir que aquilo fazia sentido.
Tenho uma saudade infinita de sentir, de ser feliz: por tudo e por nada.
Eu não acredito no destino. Eu não acredito em Deus.
Mas acredito muito nas palavras e no amor que vai dentro delas.