'Amo-te Por Todas as Razões e Mais Uma'

abril 13, 2017

Agradeço a dica, Maria do Mundo, do Sem pés nem cabeça... . Um texto lindíssimo de Joaquim Pessoa que, pela primeira vez em toda a minha existência, conseguiu exprimir aquilo que, para mim, é o Amor, com "A" grande ☺.


"Amo-te Por Todas as Razões e Mais Uma

Por todas as razões e mais uma. Esta é a resposta que costumo dar-te quando me perguntas por que razão te amo. Porque nunca existe apenas uma razão para amar alguém. Porque não pode haver nem há só uma razão para te amar. 
Amo-te porque me fascinas e porque me libertas e porque fazes sentir-me bem. E porque me surpreendes e porque me sufocas e porque enches a minha alma de mar e o meu espírito de sol e o meu corpo de fadiga. E porque me confundes e porque me enfureces e porque me iluminas e porque me deslumbras. 
Amo-te porque quero amar-te e porque tenho necessidade de te amar e porque amar-te é uma aventura. Amo-te porque sim mas também porque não e, quem sabe, porque talvez. E por todas as razões que sei e pelas que não sei e por aquelas que nunca virei a conhecer. E porque te conheço e porque me conheço. E porque te adivinho. Estas são todas as razões. 
Mas há mais uma: porque não pode existir outra como tu."

Joaquim Pessoa, in 'Ano Comum'

You Might Also Like

2 comentários

  1. Fico muito, muito feliz. Eu adoro o Joaquim. Já adorava a obra dele há uns anos. Mas, quis a vida que nos encontrássemos e nos tornássemos amigos. O Ano Comum e Os Dias Não Andam Satisfeitos (lançado a 30 de Março deste ano) são os meus predilectos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom! Que privilégio! Tenho que conhecer mais, porque gostei muito do "pouco" que li :)

      Obrigada pela dica, mesmo.


      beijinhos e boas leituras*

      Eliminar