O meu sorriso é teu.

junho 23, 2017

Posso gritar o teu nome às ruas?
Pintar os traços da tua face em telas,
No chão plantadas,
Como se tu em mim
Fosses eu,
Artista de rua;

Posso...
Dedicar-me às artes?

Posso escrever no céu que te amo
E, destarte,
Perante ti me desarmo?

Se for eu - eu que te amo -
Posso
Pintar estrelas no céu
E o teu nome ser a constelação
Sempre que o meu corpo ardeu?

Resistes,
Se for eu?

Diz-me que insistes
Se o Amor for meu
E a culpa for tua,

Se te prometer
Em terna jura
Que o meu Amor arde, queima e inflama
Mas se não extingue
Ou se acalma?

Diz-me
Se vês comigo
Um para sempre
De um coração prometido,
De um corpo
Somente perante mim despido,
De uma alma
Que só eu possa ver
E decifrar;

E decorar com arranjos de flores,
Asas de borboleta
E o aroma de rosas, junto ao mar?

Diz-me
Que o Amor não mata;
Jura-me
Que o Amor não morre;
Promete-me
Que há mais sempre
Depois do para sempre.

Uma eternidade ao teu lado
Parece-me sempre tão pouco.
Diz-me:
Ficamos... mais um pouco?

You Might Also Like

2 comentários